//
você está lendo...
LIINC em Revista

Produção e comunicação da informação em CT&I – GT7 da Ancib: análise bibliométrica no período 2003/2009

GRACIO, Maria Cláudia Cabrini; OLIVEIRA, Ely Francina Tannuri de. Produção e comunicação da informação em CT&I – GT7 da Ancib: análise bibliométrica no período 2003/2009. Liinc em Revista, Rio de Janeiro, v. 7, n. 1, p. 248-263, mar., 2011. Disponível em: < http://revista.ibict.br/liinc/index.php/liinc/article/viewFile/412/289 >. Acesso em: 16 jun. 2011

Resumo:
O objetivo desta pesquisa é analisar a produção científica da Ancib, no grupo de trabalho GT7, denominado Produção e Comunicação da  Informação em CT&I, no período de 2003 a 2009, por meio dos indicadores bibliométricos, a partir dos quais se pode sinalizar o que é mais importante ou significativo dentro de um campo ou contexto científico, de modo a se analisar tendências, relações existentes ou processos. Os estudos bibliométricos constituem um método de abordagem para a análise do comportamento da ciência em um dado campo. De forma mais específica, por meio de indicadores de produção e ligação, objetiva-se evidenciar e retratar os autores mais produtivos, o tipo de autoria presente neste grupo, temáticas mais frequentes, as instituições mais produtivas e a rede de colaboração determinada pelas coautorias institucionais e seus indicadores, de forma a mapear e visualizar os principais pesquisadores e instituições deste GT, no período em estudo. O procedimento de pesquisa deu-se a partir do levantamento das 94 pesquisas apresentadas no período, onde consta a referência do trabalho, resumo e palavras-chave correspondentes. A partir das variáveis em estudo, foram feitas as análises referentes aos autores mais produtivos, temas mais contemplados, tipo de autoria e instituições mais produtivas. Construiu-se a rede de colaboração científica entre as instituições, utilizando-se o software Pajek  e, por meio do software Ucinet,  buscaram-se os indicadores de centralidade de grau (degree centrality), de intermediação (betweenness centrality) e de proximidade (closeness centrality), além do cálculo da densidade. Os resultados apontam 11 pesquisadores e 9 instituições como os mais produtivos. A rede de colaboração institucional gerada apresentou-se frágil, com baixa densidade e, no geral, as instituições participantes apresentaram baixos índices de centralidade. Como conclusão, observou-se que as temáticas concentram-se, em geral, em análises bibliométricas e seus indicadores, tomando como universo dados regionais e nacionais.
Palavras-chave: Produção científica. Análise bibliométrica. Coautorias. Rede de colaboração científica. Indicadores de análise de redes sociais; GT

Anúncios

Sobre Pedro Andretta

Curte um desafio e compartilha idéias. É entusiasta dos estudos do discurso, dos estudos métricos, da ciência da informação e da hipermidia. Esta sempre se aventurando madrugada adentro, um dia ainda quebra um paradgma ou o despertador....

Discussão

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Artigos separados por assunto

Aplicações de informação Arquitetura de informação Automação de bibliotecas Bases de dados Bibliometria / Informetria/ Cientometria / Webmetria Biblioteca escolar Bibliotecas Virtuais e Digitais Biblioteconomia Biblioterapia Catalogação Classificação Competência informacional Comportamento informacional Comunicação científica Comunicação mediada por computador Desenvolvimento de coleções Disseminação da informação Divulgação científica Economia da informação Educação à distância Epistemologia da Ciência da Informação Estudos de necessidades e usos de informação Estudos de usuários Estudos Interdisciplinares Fontes de informação Formação Profissional Fundamentos da Ciência da Informação Gestão da Informação Gestão de Qualidade de Informação Gestão do Conhecimento História da Ciência da Informação Inclusão digital Indexação Informação científica Informação em arquivos Informação em Arte Informação em bibliotecas Informação em museus Informação industrial Informação tecnológica Inteligência Competitiva Internet Internet/Web Leitura Marketing de informação Mediação da informação Metadados Metodologias da Ciência da Informação Mineração de dados Obras Raras Ontologia Organização do Conhecimento Organização e Processamento da Informação Políticas de informação Preservação e Segurança digital Processamento automático de linguagem Redes e Sistemas de informação Repositórios institucionais Representação da Informação Sistemas de recuperação da informação Tecnologias da Informação Teoria da Informação Tesauros Transferência de Informação Visualização da informação Vocabulários controlados Ética da informação Ética na informação

Arquivos

%d blogueiros gostam disto: