//
você está lendo...
DataGramaZero

Sobre arquivos e trincheiras: a batalha implícita do sujeito-arquivista em Brazil, o filme

SILVA, Jonathan Raphael Bertassi da; ROMÃO, Lucília Maria Sousa. Sobre arquivos e trincheiras: a batalha implícita do sujeito-arquivista em Brazil, o filme. DataGramaZero, Rio de Janeiro, v. 13., n. 6, dez. 2012. Disponível em: <http://www.dgz.org.br/dez12/Art_01.htm>. Acesso em: 16 out. 2012.

Resumo
Esta pesquisa pretende rastrear os sentidos inscritos na formação discursiva do/sobre o sujeito-arquivista conforme inscrita no filme Brazil (1985), de Terry Gilliam. Nosso ponto de partida são as preocupações enunciadas pelo teórico canadense Terry Cook, cujo trabalho reflete a necessidade do profissional da Arquivística romper com a apatia perpetuada nas bases clássicas da área, sobretudo as do britânico Hillary Jenkinson, levando em conta teóricos que considerem outros sentidos possíveis no arquivo e no exercício da profissão. Para levar esse debate à tona, mobilizamos os postulados da Análise do Discurso de matriz francesa, para analisar um corpus de recortes com processos verbais e não-verbais nos quais o arquivista e o arquivo cruzam com o interdiscurso bélico em Brazil. Notamos como a formação discursiva do sujeito-arquivista é atravessada pelo inconsciente e pela ideologia, distanciando-se da concepção positivista do arquivo como espaço neutro de transmissão do conhecimento.

Palavras-chave: Arquivo; Ideologia; Discurso; Cinema; Imaginário.

Anúncios

Discussão

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Artigos separados por assunto

Aplicações de informação Arquitetura de informação Automação de bibliotecas Bases de dados Bibliometria / Informetria/ Cientometria / Webmetria Biblioteca escolar Bibliotecas Virtuais e Digitais Biblioteconomia Biblioterapia Catalogação Classificação Competência informacional Comportamento informacional Comunicação científica Comunicação mediada por computador Desenvolvimento de coleções Disseminação da informação Divulgação científica Economia da informação Educação à distância Epistemologia da Ciência da Informação Estudos de necessidades e usos de informação Estudos de usuários Estudos Interdisciplinares Fontes de informação Formação Profissional Fundamentos da Ciência da Informação Gestão da Informação Gestão de Qualidade de Informação Gestão do Conhecimento História da Ciência da Informação Inclusão digital Indexação Informação científica Informação em arquivos Informação em Arte Informação em bibliotecas Informação em museus Informação industrial Informação tecnológica Inteligência Competitiva Internet Internet/Web Leitura Marketing de informação Mediação da informação Metadados Metodologias da Ciência da Informação Mineração de dados Obras Raras Ontologia Organização do Conhecimento Organização e Processamento da Informação Políticas de informação Preservação e Segurança digital Processamento automático de linguagem Redes e Sistemas de informação Repositórios institucionais Representação da Informação Sistemas de recuperação da informação Tecnologias da Informação Teoria da Informação Tesauros Transferência de Informação Visualização da informação Vocabulários controlados Ética da informação Ética na informação

Arquivos

%d blogueiros gostam disto: