//
você está lendo...
Revista Brasileira de Biblioteconomia e Documentação

Indicadores de produção dos grupos de pesquisa do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Paraíba

PERUCCHI, Valmira; GARCIA, Joana Coeli Ribeiro. Indicadores de produção dos grupos de pesquisa do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Paraíba. Revista Brasileira de Biblioteconomia e Documentação, São Paulo, v. 8, n. 1, p. 51-65, jan. /jun. . 2012. Disponível em: <http://rbbd.febab.org.br/rbbd/article/view/193>. Acesso em: 07 abr. 2013.

Resumo:
O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Paraíba (IFPB) é parte do sistema educacional brasileiro, cuja atividade fim é o desenvolvimento científico e tecnológico. Propõe-se a realizar pesquisas aplicadas, e nesse sentido seus recursos humanos são organizados em grupos, para desenvolver atividades de pesquisa e potencializar o conhecimento. Esta pesquisa teve como objeto de estudo os 23 grupos de pesquisa do IFPB, criados a partir de 1994, e sistematiza os indicadores de sua produção. Os dados foram coletados dos currículos, disponíveis na Plataforma Lattes, no período de 1994 a2008, e apresentados por grupos classificados de 1 a23, sequenciados pelo ano de formação. A produção dos grupos apresenta indicadores significativos, com participação expressiva dos estudantes; com um total de 2.140 publicações em anais e 536 artigos em periódicos. Essasmídias são as mais utilizadas para disseminar o conhecimento científico e os resultados tecnológicos. Há 32softwares, 5 produtos tecnológicos e 13 processos ou técnicas sem registro ou patente. Os projetos de pesquisa dos grupos resultaram em 6  projetos cancelados, 106 concluídos e 108 em andamento pelos quais, os grupos conseguiram parcerias e financiamentos de agências de renome, comprovando a relevância das pesquisas. Esses indicadores justificam as atividades dos grupos de pesquisa para o IFPB formular, acompanhar e avaliar as políticas de pesquisa, para que estratégias sejam implementadas, visando à renovação das pesquisas e à expansão da quantidade dos grupos de pesquisa, motivando, inclusive, o financiamento pelas agências públicas de fomento.

Palavras-chave: Grupos de pesquisa do IFPB; Indicadores de produção em ciência & tecnologia.

Anúncios

Sobre Fabrício Assumpção

Bacharel em Biblioteconomia, mestre e doutorando em Ciência da Informação na UNESP.

Discussão

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Artigos separados por assunto

Aplicações de informação Arquitetura de informação Automação de bibliotecas Bases de dados Bibliometria / Informetria/ Cientometria / Webmetria Biblioteca escolar Bibliotecas Virtuais e Digitais Biblioteconomia Biblioterapia Catalogação Classificação Competência informacional Comportamento informacional Comunicação científica Comunicação mediada por computador Desenvolvimento de coleções Disseminação da informação Divulgação científica Economia da informação Educação à distância Epistemologia da Ciência da Informação Estudos de necessidades e usos de informação Estudos de usuários Estudos Interdisciplinares Fontes de informação Formação Profissional Fundamentos da Ciência da Informação Gestão da Informação Gestão de Qualidade de Informação Gestão do Conhecimento História da Ciência da Informação Inclusão digital Indexação Informação científica Informação em arquivos Informação em Arte Informação em bibliotecas Informação em museus Informação industrial Informação tecnológica Inteligência Competitiva Internet Internet/Web Leitura Marketing de informação Mediação da informação Metadados Metodologias da Ciência da Informação Mineração de dados Obras Raras Ontologia Organização do Conhecimento Organização e Processamento da Informação Políticas de informação Preservação e Segurança digital Processamento automático de linguagem Redes e Sistemas de informação Repositórios institucionais Representação da Informação Sistemas de recuperação da informação Tecnologias da Informação Teoria da Informação Tesauros Transferência de Informação Visualização da informação Vocabulários controlados Ética da informação Ética na informação

Arquivos

%d blogueiros gostam disto: