//
você está lendo...
Em Questão

Museus Portugueses de 1974 à atualidade: da resolução de problemas funcionais à comunidade

DUARTE, Alice. Museus Portugueses de 1974 à atualidade: da resolução de problemas funcionais à comunidade. Em Questão, Porto Alegre, v. 18, n. 1, p. 15-30, jan./jun. 2012. Disponível em: <http://seer.ufrgs.br/EmQuestao/article/view/27118/19688>.  Acesso em: 18 maio 2013.

Resumo

Começo por sistematizar um conjunto de informações relativas ao panorama museológico português tendo como marco de partida 1974 e de chegada a actualidade. De forma necessariamente esquemática, procuro destacar as diferentes fases de consolidação e desenvolvimento dos próprios museus e dos seus organismos tutelares e respectivo enquadramento legal. Os anos de 1990 apresentam-se como anos do boom dos museus, nomeadamente, dos museus locais e de tutela autárquica. A análise prossegue notando como certas dinâmicas inicialmente presentes – como os ideias de mobilização e um sentido forte de comunidade – desaparecem e os esforços se orientam mais para a resolução de problemas funcionais dos museus. Termino apelando à necessidade de reconceptualização da noção de património com o auxílio da qual mais eficazmente o museu poderá cumprir as suas funções sociais.

Palavras-chave: Museus locais. Rede Portuguesa de Museus. Portugal. Noção de património.

Anúncios

Discussão

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Artigos separados por assunto

Aplicações de informação Arquitetura de informação Automação de bibliotecas Bases de dados Bibliometria / Informetria/ Cientometria / Webmetria Biblioteca escolar Bibliotecas Virtuais e Digitais Biblioteconomia Biblioterapia Catalogação Classificação Competência informacional Comportamento informacional Comunicação científica Comunicação mediada por computador Desenvolvimento de coleções Disseminação da informação Divulgação científica Economia da informação Educação à distância Epistemologia da Ciência da Informação Estudos de necessidades e usos de informação Estudos de usuários Estudos Interdisciplinares Fontes de informação Formação Profissional Fundamentos da Ciência da Informação Gestão da Informação Gestão de Qualidade de Informação Gestão do Conhecimento História da Ciência da Informação Inclusão digital Indexação Informação científica Informação em arquivos Informação em Arte Informação em bibliotecas Informação em museus Informação industrial Informação tecnológica Inteligência Competitiva Internet Internet/Web Leitura Marketing de informação Mediação da informação Metadados Metodologias da Ciência da Informação Mineração de dados Obras Raras Ontologia Organização do Conhecimento Organização e Processamento da Informação Políticas de informação Preservação e Segurança digital Processamento automático de linguagem Redes e Sistemas de informação Repositórios institucionais Representação da Informação Sistemas de recuperação da informação Tecnologias da Informação Teoria da Informação Tesauros Transferência de Informação Visualização da informação Vocabulários controlados Ética da informação Ética na informação

Arquivos

%d blogueiros gostam disto: