//
arquivos

CRB-8 Digital

Esta categoria contém 55 posts

Instituto Federal de São Paulo: relato de experiência acerca da biblioteca do campus Catanduva

ALMEIDA, Milene Rosa de. Instituto Federal de São Paulo: relato de experiência acerca da biblioteca do campus Catanduva. CRB-8 Digital, São Paulo, v. 5, n. 2, p. 109-112, dez., 2012. Disponível em: <http://revista.crb8.org.br/index.php/crb8digital/article/viewFile/99/99&gt;. Acesso em: 12 jan. 2013.

Resumo
O Instituto Federal de São Paulo (IFSP) possui 103 anos de história. Suas recentes expansões modificaram a identidade anteriormente construída, assim como dos demais setores, como a biblioteca. O presente artigo relata o processo de constituição do IFSP e a montagem da biblioteca do campus Catanduva.

Palavras-chave: Instituto Federal de São Paulo. Biblioteca. Ensino Técnico Federal.

Arte e informação: a criação do Portal da Biblioteca Walter Wey da Pinacoteca do Estado de São Paulo

MARINGELLI, Isabel Cristina Ayres da Silva. Arte e informação: a criação do Portal da Biblioteca Walter Wey da Pinacoteca do Estado de São Paulo. CRB-8 Digital, São Paulo, v. 5, n. 2, p. 103-108, dez., 2012. Disponível em: . Acesso em: 12 jan. 2013.

Resumo
Apresenta o relato de experiência do desenvolvimento do Portal de Informações da Biblioteca Walter Wey, da Pinacoteca do Estado de São Paulo, elaborado com a utilização do software Automação de Bibliotecas e Centros de Documentação (ABCD) e da metodologia BVS-Site, da Bireme. O portal, disponível para consulta na internet, é o principal meio de acesso aos recursos informacionais da Biblioteca. O artigo ressalta ainda o uso do vocabulário controlado como ferramenta para pesquisa on-line.

Palavras-chave: Bibliotecas de Arte. Sistemas de Informação. Portais web. Automação de Bibliotecas e Centros de Documentação (ABCD). Vocabulário Controlado.

Projeto “Ler é Tudo de Bom”: relato de experiência

ALMEIDA, Daniele; CASTANHO, Ana Paulo Belomo. Projeto “Ler é Tudo de Bom”: relato de experiência. CRB-8 Digital, São Paulo, v. 5, n. 2, p. 92-102, dez., 2012. Disponível em: <http://revista.crb8.org.br/index.php/crb8digital/article/viewFile/94/94 >. Acesso em: 12 jan. 2013.

Resumo
No contexto educacional brasileiro é comum o discurso a respeito da inexistência do prazer pela leitura literária e da dificuldade em empenhar adequadamente a escrita, tanto no interior das salas de aula quanto em ambientes e situações fora dela. Se por um lado os alunos enfrentam tais dificuldades, por outro o incentivo por parte de educadores e responsáveis, não raras vezes, deixam a desejar, acarretando em um processo contínuo e ininterrupto do distanciamento entre os jovens e os livros. De posse de tais constatações, o presente trabalho tem por objetivo compartilhar com educadores e demais interessados as experiências decorrentes de uma iniciativa que vem rendendo resultados satisfatórios. A necessidade de novas propostas que norteiem os caminhos de uma metodologia dinâmica, pertinentes à realidade dos alunos, incentivou a elaboração do projeto “Ler é tudo de bom”, que tem como prioridade o incentivo à leitura literária e a produção de texto. Para tanto, busca na intertextualidade a base para a motivação dos alunos, tendo como objetivo a valorização e o estímulo da leitura, das práticas discursivas e da produção textual. Os encaminhamentos metodológicos, organização estrutural e resultados obtidos poderão ser apreciados nesta comunicação.

Palavras-chave: Biblioteca Pública. Projeto de Leitura. Leitura Literária. Produção de Texto.

Processo de seleção de doações em bibliotecas públicas: diretrizes básicas da Coordenadoria do Sistema Municipal de Bibliotecas da Cidade de São Paulo

PRAZERES, Ana Paula Pereira dos; SALGADO, Denise Mancera. Processo de seleção de doações em bibliotecas públicas: diretrizes básicas da Coordenadoria do Sistema Municipal de Bibliotecas da Cidade de São Paulo. CRB-8 Digital, São Paulo, v. 5, n. 2, p. 88-95, dez., 2012. Disponível em: <http://revista.crb8.org.br/index.php/crb8digital/article/viewFile/93/93&gt;. Acesso em: 12 jan. 2013.

Resumo
Apresenta um breve histórico das bibliotecas públicas da cidade de São Paulo até a criação da Coordenadoria do Sistema Municipal de Bibliotecas – CSMB. Relata o trabalho desenvolvido pela Comissão de Estabelecimento de Diretrizes básicas de Seleção de Doações e os instrumentos criados para auxiliar os profissionais das Unidades da CSMB no desenvolvimento de coleções no que tange ao recebimento e seleção das doações recebidas. Descreve os principais critérios estabelecidos para a seleção de materiais bibliográficos.

Palavras-Chave: Desenvolvimento de Coleções. Bibliotecas Públicas. Coordenadoria do Sistema Municipal de Bibliotecas.

Ações Culturais na Biblioteca de São Paulo: um meio de inclusão, uma abordagem prática

SILVA, Luciana Marques da; MIGUEL, Cristiany Gomes. Ações Culturais na Biblioteca de São Paulo: um meio de inclusão, uma abordagem prática. CRB-8 Digital, São Paulo, v. 5, n. 2, p. 80-87, dez., 2012. Disponível em: <http://revista.crb8.org.br/index.php/crb8digital/article/viewFile/86/86 >. Acesso em: 12 jan. 2013.

Resumo
As ações culturais que foram implementadas na Biblioteca de São Paulo – BSP desde sua inauguração tem contribuído de maneira significativa para a formação continuada dos indivíduos que a frequentam e no desenvolvimento do gosto pela leitura. O objetivo principal da Biblioteca é o incentivo a leitura em seus diversos suportes, e a ação cultural dentro desse contexto faz essa ponte entre os sócios e a leitura. O presente trabalho apresenta a ação cultural no contexto de uma biblioteca pública, a Biblioteca de São Paulo, que foi idealizada e projetada para ser uma Biblioteca Viva, com acervo atualizado, conta com diversos recursos de acessibilidade, arquitetura diferenciada, com suportes audiovisuais e fortemente apoiada na cultura digital. O que não torna menos desafiador o objetivo de ser uma referência nesse modelo, tendo em vista que o prédio e seus recursos representam uma parte do conceito, a outra parte é o modelo de gestão desse equipamento cultural, que é um lugar onde a apropriação do conhecimento tem várias faces além da leitura do livro propriamente dito. Nesse contexto a Ação Cultural entra para transformar acesso em inclusão, para transformar uso do espaço em apropriação do espaço, identificação e valorização do individuo para o qual foi criado.

Palavras-chave: Biblioteca Pública. Ação Cultural. Inclusão. Acessibilidade. Estudo de Usuário.

Inovação, transformação, sustentabilidade: desafios no século 21 para as Bibliotecas Públicas Colombianas

CÁCERES, Lucila Martínez. Inovação, transformação, sustentabilidade: desafios no século 21 para as Bibliotecas Públicas Colombianas. CRB-8 Digital, São Paulo, v. 5, n. 2, p. 69-79, dez., 2012. Disponível em: <http://revista.crb8.org.br/index.php/crb8digital/article/viewFile/97/97&gt;. Acesso em: 12 jan. 2013.

Resumo
Visão da evolução dos conceitos de bibliotecas públicas e do papel do profissional da biblioteconomia, atuando como agente de transformação social no pais, focando os últimos 35 anos. Apresenta também uma visão geral sobre o cenário, estrutura e características do sistema e das redes de bibliotecas públicas no país, com alguns exemplos que destacam a função social do mesmo e as variações na forma de gestão com participação dos setores público e privado. Conclui a analise da experiência colombiana destacando os desafios para o século XXI conforme as Metas de Desenvolvimento do Milênio.

Palavras-chave: Biblioteca Pública – Política Pública – Colômbia; Biblioteca Pública e Desenvolvimento
Sustentável.

Serviço de Informação à Comunidade: a Biblioteca Pública como instrumento de cidadania e ação social

SEVERIANO, Luana Aparecida Neves. Serviço de Informação à Comunidade: a Biblioteca Pública como instrumento de cidadania e ação social. CRB-8 Digital, São Paulo, v. 5, n. 2, p. 63-68, dez., 2012. Disponível em: <http://revista.crb8.org.br/index.php/crb8digital/article/viewFile/95/95&gt;. Acesso em: 12 jan. 2013.

Resumo
O Serviço de Informação à Comunidade como um dos pilares da Biblioteca Pública, trazendo ao profissional bibliotecário a incumbência de democratizar o acesso à informação e conhecimento. Através de parcerias com outros órgãos públicos, a Biblioteca pode sistematizar uma série de atividades que esclareça dúvidas e explique questões referentes à administração pública e à qualidade de vida, alavancando o desenvolvimento humano em seu entorno.

Palavras-chave: Biblioteca Pública; Serviço de Informação; Informação Utilitária; Administração Pública.

As bibliotecas públicas municipais e a administração pública direta. O apoio legal para o suporte financeiro das bibliotecas: qual é e como conseguir

FERREIRA, Claudiomiro Machado. As bibliotecas públicas municipais e a administração pública direta. O apoio legal para o suporte financeiro das bibliotecas: qual é e como conseguir. CRB-8 Digital, São Paulo, v. 5, n. 2, p. 56-62, dez., 2012. Disponível em: <http://revista.crb8.org.br/index.php/crb8digital/article/viewFile/88/88 >. Acesso em: 12 jan. 2013.

Resumo
Este trabalho tem o objetivo de apresentar e demonstrar jurídica e administrativamente como as bibliotecas públicas municipais devem se estruturar e agir para cobrar do município a aplicação do artigo 16 da Lei Federal nº 10.753, de 30 de outubro de 2003, que Institui a Política Nacional do Livro e que prevê que “os Municípios consignarão (…) verbas (…) para sua manutenção e aquisição de livros”. Sua elaboração deve-se ao fato de a Lei e o Artigo serem muito conhecidos, mas de inexistir um estudo e uma explicação clara e objetiva de como as bibliotecas devem agir para exigir um direito legal, deixar de viver de doações e começar a atuar com recursos financeiros próprios.

Biblioteca Pública do século XXI

PEREIRA, Ana Ligia Silva. Biblioteca Pública do século XXI. CRB-8 Digital, São Paulo, v. 5, n. 2, p. 49-55, dez., 2012. Disponível em: <http://revista.crb8.org.br/index.php/crb8digital/article/viewFile/91/91 &gt;. Acesso em: 12 jan. 2013.

Resumo
Objetiva fornecer elementos para compor uma visão geral das bibliotecas públicas do começo do século XXI. Estas bibliotecas refletem a sociedade em que estão inseridas e vem ocupando um papel relevante em diversos países junto as suas comunidades. Um dos mais fortes elementos geradores da transformação é a adoção das novas Tecnologias de Informação e Comunicação, que vem modificando a atuação destas instituições. O artigo divide-se em: breve panorama internacional, a situação do Brasil e os principais focos atuais.

Palavras-chave: Bibliotecas Púbicas; Bibliotecas Públicas e Sociedade; Comunidades e Bibliotecas; Tecnologias de Informação e Comunicação.

Rede de Bibliotecas Públicas do Distrito Federal: uma proposta inclusiva

PEREA, Aníbal Araújo. Rede de Bibliotecas Públicas do Distrito Federal: uma proposta inclusiva. CRB-8 Digital, São Paulo, v. 5, n. 2, p. 41-48, dez., 2012. Disponível em: <http://revista.crb8.org.br/index.php/crb8digital/article/view/87/87 &gt;. Acesso em: 12 jan. 2013.

Resumo
A “Biblioteca Inclusiva” tem como visão elevar a empregabilidade de profissionais autônomos e criar oportunidades de acessibilidade para pessoas com mobilidade reduzida, sensoriais ou cognitivas. Este espaço que tem como vocação natural dar abrigo à comunidade e saciar a sede por informação e conhecimento cada vez mais está sendo pensado dentro dos modelos do hibridismo. Se há perspectivas que justifiquem o novo caminho para o profissional bibliotecário nos ambientes de informação – bibliotecas híbridas – é a maneira de ele propor a combinação e recombinação do conhecimento e forma de transmiti-lo.

Palavra-chaves: Biblioteca Pública. Biblioteca Inclusiva; Acessibilidade. Biblioteca Híbrida. Empregabilidade. Trabalhador Autônomo.

Informação e cidadania: relação construída via biblioterapia no âmbito da biblioteca pública

TARGINO, Maria das Graças; TORRES, Názia Holanda; ALVES, Cláudio Augusto. Informação e cidadania: relação construída via biblioterapia no âmbito da biblioteca pública. CRB-8 Digital, São Paulo, v. 5, n. 2, p. 33-40, dez., 2012. Disponível em: <http://revista.crb8.org.br/index.php/crb8digital/article/viewFile/90/90 &gt;. Acesso em: 12 jan. 2013.

Resumo
A partir da ênfase que a informação conquista na sociedade contemporânea, discute-se sua relevância na formação da cidadania e no exercício da democracia, de modo a atingir a todos os indivíduos, independentemente de suas deficiências mentais ou físicas. Isso traz à tona as potencialidades da biblioterapia, aqui concebida como o uso da leitura e de outros recursos didáticos como coadjuvante na formação do ser humano. Para tanto, de início, discute-se informação versus cidadania para, no momento seguinte, privilegiar o espaço da biblioteca pública e, por fim, tratar da biblioterapia no bojo da biblioteca verdadeiramente pública.

Palavras-chave: Biblioterapia. Biblioteca pública. Informação; Cidadania. Informação e cidadania.

A aplicação de conceitos e práticas de marketing: um estudo de caso do sistema de bibliotecas dos Centros Educacionais Unificados – C.E.U.s

MATOS, Denilson Santos de; OLIVEIRA, Emerson Soares de; AGUIAR, Francisco Lopes de. A aplicação de conceitos e práticas de marketing: um estudo de caso do sistema de bibliotecas dos Centros Educacionais Unificados – C.E.U.s. CRB-8 Digital, São Paulo, v. 5, n. 2, p. 17-32 dez., 2012. Disponível em: <http://revista.crb8.org.br/index.php/crb8digital/article/viewFile/96/96 &gt;. Acesso em: 12 jan. 2013.

Resumo
Analisa a questão do marketing aplicado nas unidades de informação da rede dos Centros Educacionais
Unificados – C.E.U.s pertencentes à Prefeitura da cidade de São Paulo. Tem como objetivos gerais identificar e analisar as principais práticas de marketing realizadas a partir da percepção dos profissionais bibliotecários; saber o grau de conhecimento dos gestores dessas instituições referentes a esse assunto; verificar se a gestão dessas unidades de informação é orientada para o marketing, como também quais as técnicas e métodos utilizados; e se realizam planejamento orientado para o marketing. A metodologia adotada é a pesquisa exploratória com estudo de caso, sendo sujeito da pesquisa o sistema de 45 unidades de informação dos C.E.U.s. O instrumento de coleta de dados utilizado é o questionário, contendo questões abertas e fechadas. Com base nos dados das unidades de informação respondentes, conclui-se a ausência de um planejamento formal apoiado nos conceitos e técnicas de marketing recomendado pela literatura que trata do assunto. As práticas de marketing quando desenvolvidas são orientadas apenas por ações de promoção e divulgação de seus produtos e serviços. Por fim, recomenda e delineia diretrizes para implantação do marketing em unidades de informação híbridas (biblioteca pública e biblioteca escolar), como forma de valorizar a imagem da unidade e, consequentemente, do próprio profissional bibliotecário.

Palavras-chave: Marketing. Bibliotecas Públicas. Bibliotecas Híbridas. Unidades de Informação Públicas – São Paulo [Cidade]. Centros Educacionais Unificados – C.E.U.s.

Bibliotecas púbicas no século XXI e seus usuários: uma releitura da literatura

SANTOS, Cintia Almeida da Silva; SANTOS, Marcel Pereira. Bibliotecas púbicas no século XXI e seus usuários: uma releitura da literatura. CRB-8 Digital, São Paulo, v. 5, n. 2, p. 10-16, dez., 2012. Disponível em: <http://revista.crb8.org.br/index.php/crb8digital/article/view/89/89 &gt;. Acesso em: 12 jan. 2013.

Resumo
A literatura sobre as bibliotecas públicas no Século XXI aborda os novos perfis e conceitos acerca desse organismo, seus profissionais, seus usuários, a inserção das Tecnologias da Informação e da Comunicação, entre outros aspectos. O presente estudo objetivou realizar uma breve releitura da literatura deste temário a fim de identificar e apresentar as prospecções traçadas para este novo cenário, em que se tem novos perfis de usuários, novas práticas, assim como novos desafios. O estudo pautou-se na realização de pesquisa bibliográfica na literatura da área de Biblioteconomia e Ciência da Informação, com ênfase nos temas: tipologia das bibliotecas públicas, Tecnologias de Informação e de Comunicação, estudo de uso e de usuários de bibliotecas públicas. Como resultados, apresenta-se uma concepção para a biblioteca pública contemporânea: uma biblioteca que deverá atuar de forma dinâmica e interativa, devendo incorporar e se adaptar às novas tecnologias, sem perder a essência de seu foco principal, sendo este seu usuário.

Palavras-chave: Bibliotecas Públicas – Século XXI. Tecnologias da Informação e da Comunicação. Estudo de Usos e Usuários.

História e Cultura Africana e Afro-Brasileira nas Bibliotecas Públicas do Cariri Cearense

CARMO, Nicácia Lina do; BERNARDINO, Maria Cleide Rodrigues; SILVA, Joselina da. História e Cultura Africana e Afro-Brasileira nas Bibliotecas Públicas do Cariri Cearense. CRB-8 Digital, São Paulo, v. 5, n. 2, p. 2-10, dez., 2012. Disponível em: <http://revista.crb8.org.br/index.php/crb8digital/article/viewFile/84/85 >. Acesso em: 12 jan. 2013.

Resumo
Procura observar nas bibliotecas públicas municipais das cidades de Juazeiro do Norte, Crato e Barbalha, no Cariri cearense, a existência e a utilização dos recursos didáticos e paradidáticos que possam auxiliar educadores e educandos na efetividade da realização da lei 10.639/03, que trata dos estudos sobre História Africana e Cultura Afrobrasileira. Considerando que um número ainda pequeno de professores se beneficiou destes conhecimentos em sua formação, o apoio dos profissionais da informação – bibliotecários, torna-se sobejamente referencial, no que tange à complementação dos conteúdos. Essa concepção contribui para promover mudanças no paradigma da relação bibliotecário e usuários no que concerne ao tema das africanidades. Realiza um levantamento do acervo das bibliotecas mencionadas que possa atuar como apoio aos professores para ministrarem os conteúdos preconizados pela lei 10.639/03 e como auxílio às pesquisas dos estudantes. Trata-se de uma pesquisa exploratória com entrevistas semiestruturada e pré-elaborada aplicada aos bibliotecários e/ou técnicos responsáveis pelas bibliotecas em estudo. Busca contribuir com uma produção cientifica de alta qualidade, combinando aspectos metodológicos e os resultados da pesquisa.

Palavras-chave: Biblioteca Pública. Lei 10. 639/03. Cultura Afro-Brasileira – Biblioteca Pública.

Proposta metodológica para o estabelecimento de política de indexação para a biblioteca escolar

SILVA, Lucas Carlos de Oliveira; SANTOS, Cibele Araújo Camargo Marques dos. Proposta metodológica para o estabelecimento de política de indexação para a biblioteca escola. CRB-8 Digital, São Paulo, n. 5, v. 1, p. 173-182, jan. 2012. Disponível em: <http://revista.crb8.org.br/index.php/crb8digital/article/viewFile/80/83>. Acesso em: 20 out. 2012.

Resumo
Buscando uma proposta metodológica para o estabelecimento de política de indexação para a Biblioteca Escolar, utilizou-se como aporte teórico a Análise de Domínio e uma de suas ferramentas: uma tabela taxonômica desenvolvida através da Taxonomia de Bloom para Objetivos Educacionais. A partir de tabela taxonômica específica é possível propor uma política de indexação alinhada com os objetivos escolares. Este artigo apresenta um modelo de tabela taxonômica desenvolvida para a área da língua portuguesa.

Palavras-chave: Biblioteca Escolar. Indexação. Políticas de Indexação. Análise de Domínio. Taxonomia de Bloom.

Capacitação do bibliotecário no uso das redes sociais e colaborativas na disseminação da informação

YAMASHITA, Denise Sana; CASSARES, Norma Cianflone; VALENCIA, Maria Cristina Palhares. Capacitação do bibliotecário no uso das redes sociais e colaborativas na disseminação da informação. CRB-8 Digital, São Paulo, v. 5, n. 1, p. 161-172, jan. 2012. Disponível em: <http://revista.crb8.org.br/index.php/crb8digital/article/viewFile/77/79>. Acesso em: 20 out. 2012.

Resumo
A proposta deste trabalho é analisar o uso das redes sociais na Internet por parte do bibliotecário para realizar a disseminação da informação. Utiliza-se como base teórica a literatura existente sobre o ambiente da Web 2.0 e as bibliotecas, o serviço de disseminação seletiva e as redes sociais para verificar como o Sistema de Bibliotecas da Universidade Federal de Santa Catarina realiza esse trabalho. Foram tabuladas as atividades desta unidade de informação durante o mês de setembro de 2011 em perfis que a mesma possui nos sites Facebook, Twitter, Delicious e YouTube. Conclui-se que as redes sociais, ferramentas geralmente gratuitas, apresentam-se como uma opção a mais a ser explorada pelo profissional na disseminação da informação. Observa-se ainda que, para facilitar a gestão de vários perfis em redes sociais da unidade de informação em que trabalha, o bibliotecário pode utilizar sites e aplicativos criados para esse fim.

Palavras-chave: Redes sociais. Disseminação Seletiva da Informação.

Inclusão social do idoso através da leitura

THOMAZ, Fabiane; VALENCIA, Maria Cristina Palhares. Inclusão social do idoso através da leitura. CRB-8 Digital, São Paulo, v. 5, n. 1, p. 148-160, jan. 2012. Disponível em: <http://revista.crb8.org.br/index.php/crb8digital/article/viewFile/76/78>. Acesso em: 20 out. 2012.

Resumo
A população idosa cresce anualmente, demandando ações que acrescentem e preservem sua qualidade de vida. Este trabalho discorre os direitos da população idosa, do lugar social ocupado pelos maisvelhos em nossa sociedade e o trabalho de pesquisa de campo realizado com um grupo de convivência, onde investigou-se as características do grupo e sua relação com a sociedade, o livro, a leitura e outros meios de comunicação, incluindo a biblioteca. A pesquisa aponta que a experiência da leitura envolve diferentes processos em sua prática e sua forma de ler, sendo assim importante ferramenta de inclusão, contribuindo para que o idoso fortaleça sua condição de ser cidadão. Reflete ainda sobre o significado da inclusão social e o papel social do bibliotecário.

Palavras-chave: Idoso. Inclusão social. Leitura. Bibliotecário.

Retenção de conhecimento na Internet: o papel do Twitter

SILVA, Heloisa Spolador; VALLS, Valéria Martin. Retenção de conhecimento na Internet: o papel do Twitter. CRB-8 Digital, São Paulo, v. 5, n. 1, p. 124-147, jan. 2012. Disponível em: <http://revista.crb8.org.br/index.php/crb8digital/article/viewFile/75/77>. Acesso em: 20 out. 2012.

Resumo
Apresenta os elementos da gestão do conhecimento e relaciona-os com o Twitter. Caracteriza esta ferramenta da Web 2.0 e identifica os elementos de criação, distribuição e retenção de conhecimento no Twitter. Os objetivos deste trabalho são conceituar conhecimento, identificar os elementos da gestão do conhecimento presentes no Twitter e o papel deste na retenção de conhecimento na Internet. A metodologia utilizada é a revisão de literatura. Conclui-se que o Twitter é uma ferramenta da Web 2.0 para criação e distribuição de conhecimento.

Palavras-chave: Conhecimento. Twitter. Web 2.0. Gestão do conhecimento. Redes Sociais.

Conceituação e aplicação do novo padrão para descrição bibliográfica Resource Description and Access (RDA)

SILVA, Eliana Barboza de Oliveira; SERRA, Liliana Giusti; CASSARES, Norma Cianflone; VALENCIA, Maria Cristina Palhares. Conceituação e aplicação do novo padrão para descrição bibliográfica Resource Description and Access (RDA). CRB-8 Digital, v. 5, n. 1, p. 113-123, jan. 2012. Disponível em: <http://revista.crb8.org.br/index.php/crb8digital/article/viewFile/74/76>. Acesso em: 20 out. 2012.

Resumo
Ao longo do tempo as regras de padronização e bases fundamentais da catalogação vêm sofrendo mudanças e atualizações para atender às transformações tecnológicas da informação e comunicação, como também suportar o surgimento de novas mídias e variados suportes da informação. É nesse momento que nasce a RDA, com o anseio de ser um novo padrão para atender aos novos desafios. Por meio de pesquisa teórica é realizada uma análise sobre a RDA, tratando de seus objetivos, sua nova estrutura baseada nas entidades do modelo FRBR, as similaridades com as AACR2, as mudanças no MARC para comportar as informações bibliográficas propostas pela RDA e o teste norte-americano para avaliar sua implantação, além dos desafios que a comunidade biblioteconômica terá até a implantação prevista para janeiro de 2013.

Palavras-chave: Catalogação. Representação Descritiva. Registro bibliográfico. RDA.

História da Moda: da idade média à contemporaneidade do acervo bibliográfico do Senac – Campus Santo Amaro

SILVA, Angela A. Gimenes; VALENCIA, Maria Cristina Palhares.  História da Moda: da idade média à contemporaneidade do acervo bibliográfico do Senac – Campus Santo Amaro. CRB-8 Digital, São Paulo, v. 5, n. 1, p. 102-112, jan. 2012. Disponível em: <http://revista.crb8.org.br/index.php/crb8digital/article/view/73/75>. Acesso em: 20 out. 2012.

Resumo
O objetivo deste trabalho é apresentar a Modateca, da biblioteca do Senac – Campus Santo Amaro, com acervo especializado no campo da Moda, que visa atender alunos, professores, pesquisadores e outros profissionais da área. Pretende ainda mostrar a moda como fenômeno cultural, possuidora de funções simbólicas e significativas articuladas em sistemas de comunicação, sobre cada época. Nada reflete mais a liberdade e a tecnologia de uma época do que a Moda. O século XX, por ter passado por tantas transformações em um período tão curto, historicamente, talvez tenha sido o espaço de tempo mais criativo da humanidade em matéria de roupas, o que pode ser decisivo em diferentes aspectos sociais.

Palavras-chave: Moda. História da Moda. Acervo de moda. Modateca – SENAC.

Mapeamento da Produção Científica dos Docentes Vinculados aos Programas de Pós-graduação em Ciência da Informação Credenciados pela CAPES

SANTILONE, Márcia Aparecida; VASCONCELOS, Marli de Fátima Santilone; SANTOS, Suzana Lima; SANTOS, Valéria Aparecida Cordero dos; FUNARO, Vânia Martins Bueno de Oliveira. Mapeamento da Produção Científica dos  Docentes Vinculados aos Programas de  Pós-graduação em Ciência da  Informação Credenciados pela CAPES. CRB-8 Digital, São Paulo, v. 5, n. 1, p. 86-101, jan. 2012. Disponível em: <http://revista.crb8.org.br/index.php/crb8digital/article/viewFile/72/74>. Acesso em: 20 out. 2012.

Resumo
O mapeamento da produção científica dos docentes vinculados aos programas de pós-graduação em Ciência da Informação credenciados pela CAPES é apresentado neste trabalho. O recorte do período analisado contempla os anos de 2000 a 2009 e quatro tipologias documentais assim definidas: artigos de periódicos, livros publicados, capítulos de livros e trabalhos publicados em anais de eventos. Com esse mapeamento foi possível identificar quanto os docentes produziram nesse período, qual o canal de comunicação que os docentes selecionam para divulgar sua produção científica, e de que forma eles colaboraram entre si na autoria, se múltipla ou única. Observou-se, também, o panorama da produção científica dos docentes por regiões, considerando que as instituições do levantamento são de vários Estados brasileiros: Bahia, Paraíba, Rio de Janeiro, Santa Catarina, São Paulo, Minas Gerais e o Distrito Federal.

Palavras-chave: Produção científica. Docentes de pós-graduação. CAPES. ANCIB. Currículo Lattes.

Fundamentos teóricos e estatuto científico da Biblioteconomia e Ciência da Informação

OLIVEIRA, Lucia Carvalho de; CRESPO, Maria Rosa Crespo. Fundamentos teóricos e estatuto  científico da Biblioteconomia e Ciência  da Informação. CRB-8 Digital, São Paulo, v. 5, n. 1, p. 66-85, jan. 2012. Disponível em: <http://revista.crb8.org.br/index.php/crb8digital/article/view/71/73>. Acesso em: 20 out. 2012.

Resumo
Trata dos antecedentes dos campos de estudos relacionados ao livro, à biblioteca, à Biblioteconomia e à Ciência da Informação, por meio da análise de alguns aspectos das profissões cujo foco é organizar e preservar a informação registrada. Analisa os principais paradigmas existentes na Ciência da Informação, tanto por seus fundamentos teóricos como por seu objeto, a informação. Discute o estatuto científico da Biblioteconomia e Ciência da Informação, abordando as principais características destas disciplinas que se configuram como interdisciplinares, e apresenta as possíveis classificações da Ciência da Informação dentro das Ciências. Por último, expõe as reflexões de autores renomados da área, sobre as perspectivas da Biblioteconomia e Ciência da Informação para o futuro.

Palavras-chave: Biblioteconomia;Ciência da Informação. Fundamentos teóricos.

Google: um fenômeno informacional?

OLIVEIRA, Eliane Silva de Melo; PEREIRA, Everton Henrique Silva; ARAÚJO, Lilian Batista de; SALIBA, Marina Isabel Franco; FUNARO, Vânia Martins Bueno de Oliveira. Google: um fenômeno informacional? CRB-8 Digital, São Paulo, v. 5, n. 1, p. 54-65, jan. 2012. Disponível em: <http://revista.crb8.org.br/index.php/crb8digital/article/view/70/72>. Acesso em: 20 out. 2012.

Resumo
Este trabalho aborda a mudança de hábito quanto à forma de pesquisar informação e como o buscador do Google se transformou em um fenômeno informacional do mundo contemporâneo. São tratadas questões relacionadas ao Google e aos direitos autorais sobre os livros, às possíveis vantagens e desvantagens de seu buscador, à forma como a ferramenta funciona, suas atividades atuais, entre outros. Estes tópicos servem como subsídio para uma pesquisa qualitativa. O objetivo do trabalho é uma pesquisa com fim de detectar o nível de uso do buscador, quando confrontado à biblioteca tradicional, mesmo que a comparação entre estes não seja o foco da pesquisa. Nesta, abordamos uma discussão sobre o verdadeiro papel do Google e qual a sua influência em buscas online.

Palavras-chave: Google; buscador. Biblioteca tradicional. Leitura na Internet. Direitos autorais.

Organização do acervo do Escritório Estadual de São Paulo da Federação de Bandeirantes do Brasil

LOEB, Maria Cecília Vianna; VALENCIA, Maria Cristina Palhares. Organização do acervo do Escritório Estadual de São Paulo da Federação de Bandeirantes do Brasil. CRB-8 Digital, São Paulo, v. 5, n. 1, p. 43-53, jan. 2012. Disponível em: <http://revista.crb8.org.br/index.php/crb8digital/article/view/78/80>. Acesso em: 20 out. 2012.

Resumo
Este artigo refere-se ao Trabalho de Conclusão de Curso onde pesquisamos e procuramos definir a melhor forma de bem atender, a organização dos materiais bibliográficos e multimeios das ONGs/OSCIPs, (Organizações Não Governamentais/Organizações da Sociedade Civil de Interesse Público) tendo por base o acervo de livros, periódicos, e objetos pertencentes ao escritório de São Paulo da Federação de Bandeirantes do Brasil, respeitando as características deste tipo de instituição, agilizando o acesso de seus voluntários ao acervo de consulta corrente e destinando o material antigo à formação de um centro de memória que legitima sua história, permitindo que as atualizações de suas ações mantenham o vínculo com os princípios fundamentais e sendo mais um ponto de acesso aos pesquisadores interessados na educação não formal e no comportamento feminino. É, também, um novo campo de atuação profissional do bibliotecário.

Palavras-chave: Educação. Biblioteca. ONG.

Mercado de trabalho biblioteconômico na cidade de São Paulo

DIÉGUEZ, Carla Regina Mota Alonso; SILVA, Marta Regina da.  Mercado de trabalho biblioteconômico na cidade de São Paulo. CRB-8 Digital, São Paulo, v. 5, n. 1, p. 33-42, jan. 2012. Disponível em: <http://revista.crb8.org.br/index.php/crb8digital/article/viewFile/68/70>. Acesso em: 20 out. 2012.

Resumo
Este artigo apresenta parte do último capítulo do Trabalho de Conclusão de Curso “Competências Profissionais do Bibliotecário: um olhar sobre o mercado de trabalho a cidade de São Paulo”, apresentado à Faculdade de Biblioteconomia e Ciência da Informação da Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo – FESPSP em dezembro de 2011. Este trabalho teve por objetivo verificar se há lacunas entre as competências desenvolvidas na formação de Biblioteconomia da cidade de São Paulo e as competências demandadas pelo mercado. Para isso, foi preciso conhecer o mercado, e devido à escassez de dados sobre mercado de trabalho, buscamos informações na base de dados RAIS, que pudessem expor como o mercado de trabalho está distribuído na cidade de São Paulo.

Palavras-chave: Profissional da informação. Biblioteconomia. Mercado de trabalho.

Artigos separados por assunto

Aplicações de informação Arquitetura de informação Automação de bibliotecas Bases de dados Bibliometria / Informetria/ Cientometria / Webmetria Biblioteca escolar Bibliotecas Virtuais e Digitais Biblioteconomia Biblioterapia Catalogação Classificação Competência informacional Comportamento informacional Comunicação científica Comunicação mediada por computador Desenvolvimento de coleções Disseminação da informação Divulgação científica Economia da informação Educação à distância Epistemologia da Ciência da Informação Estudos de necessidades e usos de informação Estudos de usuários Estudos Interdisciplinares Fontes de informação Formação Profissional Fundamentos da Ciência da Informação Gestão da Informação Gestão de Qualidade de Informação Gestão do Conhecimento História da Ciência da Informação Inclusão digital Indexação Informação científica Informação em arquivos Informação em Arte Informação em bibliotecas Informação em museus Informação industrial Informação tecnológica Inteligência Competitiva Internet Internet/Web Leitura Marketing de informação Mediação da informação Metadados Metodologias da Ciência da Informação Mineração de dados Obras Raras Ontologia Organização do Conhecimento Organização e Processamento da Informação Políticas de informação Preservação e Segurança digital Processamento automático de linguagem Redes e Sistemas de informação Repositórios institucionais Representação da Informação Sistemas de recuperação da informação Tecnologias da Informação Teoria da Informação Tesauros Transferência de Informação Visualização da informação Vocabulários controlados Ética da informação Ética na informação

Arquivos