//
arquivos

Bases de dados

Esta tag está associada a 19 posts

Analise da adesão às tendências da Ciência pelos repositórios institucionais brasileiros

SHINTAKU, Milton; DUQUE, Claudio; SUAIDEN, Emir José. Analise da adesão às tendências da Ciência pelos repositórios institucionais brasileiros. InCID: Revista de Ciência da Informação e Documentação, Ribeirão Preto, v. 6, n. 2, p. 148-16, set. 2015/fev. 2016. Disponível em: <http://dx.doi.org/10.11606/issn.2178-2075.v6i2p148-16>. Acesso em: 08 out. 2015.

Resumo:
Repositórios institucionais tem se tornado o locus para depósito da produção acadêmica das universidades e institutos de pesquisa, tornando-se um instrumento valioso para a disseminação da informação científica. Entretanto, como ferramentas informatizadas, requerem constante atualização, vistos ao dinamismo tecnológico. Da mesma forma, por servir a disseminação da informação  científica, deve estar em consonância com as tendências da ciência. Nesse sentido, o presente estudo visa levantar e analisar a adesão dos repositórios brasileiros em relação a: Dados Abertos; Arquivos Abertos; Acesso Aberto; Ciência Aberta; Curadoria Digital e e-science. Para tanto, faz uso de uma abordagem quantitativa, utilizando um survey com os gestores dos repositórios institucionais brasileiros. Revelou-se, assim, um cenário ainda incipiente, mas promissor na adesão às tendências da Ciência, em que a maior adesão dá-se ao Acesso Aberto. Assim, o presente estudo contribui para a discussão sobre os repositórios institucionais brasileiros.

Palavras-chave: Repositórios Institucionais; Tendências da Ciência; Dados Abertos; Arquivos Abertos; Acesso Aberto; Ciência Aberta; Curadoria Digital; e-science.

Características de repositório educacional aberto para usuários de língua brasileira de sinais

SILVA, Romario Antunes da; RODRIGUES, Rosângela Schwarz. Características de repositório educacional aberto para usuários de língua brasileira de sinais. Transinformação, Campinas, v. 25, n. 1, p. 65-79, jan./abr., 2013. Disponível em: <http://periodicos.puc-campinas.edu.br/seer/index.php/transinfo/article/view/1789/1705>. Acesso em: 30 dez. 2014.

Resumo
O objetivo desse artigo é identificar as características que um repositório educacional aberto deve apresentar para atender as necessidade de informação dos alunos surdos e ouvintes do curso Letras Libras na modalidade a distância da Universidade Federal de Santa Catarina. Os objetivos específicos foram: a) descrever o perfil dos alunos surdos e ouvintes; b) examinar o uso das tecnologias da informação por esses alunos; e c) identificar os documentos que um repositório deve apresentar para atender as necessidades de informação desses alunos. A pesquisa é exploratória, descritiva e qualitativo-quantitativa, e a análise foi realizada com estatística descritiva e análise de conteúdo. Conclui-se que os alunos utilizam o e-mail, as listas de discussão, o Messenger,ferramentas para compartilhamento de vídeos e os sites para surdos. Os alunos consideram muito importantes os processadores de texto, Messenger, Movie Maker, Media Player e planilhas para cálculo. Os alunos surdos consideram como documentos mais relevantes as videoaulas, dicionários e apostilas, e os alunos ouvintes, as videoaulas, os livros e as apostilas. O tipo de conteúdo requisitado são notícias sobre surdos, língua brasileira de sinais, tradução, tecnologia, linguística, aprendizagem do português, interpretação médico-jurídica e cultura surda. Os suportes requisitados para acesso à informação são os dicionários, vídeos, livros digitais e artigos. Os alunos preferem acessar as informações no repositório por meio de língua de sinais, legendas e em português.

 
Palavras-chave: Acesso livre. Língua brasileira de sinais. Repositório educacional. Surdo.

 

Arte e informação: a criação do Portal da Biblioteca Walter Wey da Pinacoteca do Estado de São Paulo

MARINGELLI, Isabel Cristina Ayres da Silva. Arte e informação: a criação do Portal da Biblioteca Walter Wey da Pinacoteca do Estado de São Paulo. CRB-8 Digital, São Paulo, v. 5, n. 2, p. 103-108, dez., 2012. Disponível em: . Acesso em: 12 jan. 2013.

Resumo
Apresenta o relato de experiência do desenvolvimento do Portal de Informações da Biblioteca Walter Wey, da Pinacoteca do Estado de São Paulo, elaborado com a utilização do software Automação de Bibliotecas e Centros de Documentação (ABCD) e da metodologia BVS-Site, da Bireme. O portal, disponível para consulta na internet, é o principal meio de acesso aos recursos informacionais da Biblioteca. O artigo ressalta ainda o uso do vocabulário controlado como ferramenta para pesquisa on-line.

Palavras-chave: Bibliotecas de Arte. Sistemas de Informação. Portais web. Automação de Bibliotecas e Centros de Documentação (ABCD). Vocabulário Controlado.

Vila Tibério: um patrimônio da cidade em transformação. Documentação fotográfica e a Organização da Informação a partir do acervo do Jornal da Vila de Ribeirão Preto – a memória mensal de uma cidade

MARCUSSI, Elaine; ESPÍRITO SANTO, Sílvia Maria do. Vila Tibério: um patrimônio da cidade em transformação. Documentação fotográfica e a Organização da Informação a partir do acervo do Jornal da Vila de Ribeirão Preto – a memória mensal de uma cidade. InCID: R. Ci. Inf. e Doc., Ribeirão Preto, v.2, n.2, p.189-207, jul./dez. 2011. Disponível em: < http://revistas.ffclrp.usp.br/incid/article/view/75 >. Acesso em: 4 jan. 2013.

Resumo:
Este artigo visa estudar as raízes de um bairro da cidade de Ribeirão Preto, a Vila Tibério, através do estudo do acervo fotográfico do Jornal da Vila sob a responsabilidade do jornalista Fernando Braga. A proposta apresentada baseia-se no desenvolvimento de uma base de dados informatizada a partir deste acervo, que garanta, do ponto de vista documentário, o devido tratamento ao mesmo. Bem como proporciona uma aproximação do curso de Bacharelado em Ciências da Informação e da Documentação com a história e comunidade locais, a fim de garantir a continuidade do tratamento ao acervo documental fotográfico da Vila Tibério. Além disso, acompanha a construção do Centro de Documentação e Memória da Vila Tibério. A metodologia contemplou a utilização de bibliografia produzida por áreas do conhecimento tangentes aos campos da Ciência da Informação tais como: História, História Oral, Estudos Culturais e Ciências Sociais no sentido de aplicar, no momento da análise dos documentos fotográficos, todo o conhecimento acumulado que pudesse contribuir para elucidar-lhes o significado, as lacunas deixadas pelo tempo possíveis de serem interpretados a partir dos documentos. O software proposto para a construção da base de dados do acervo fotográfico da Vila Tibério foi o software livre PostgreSQL, que, além de gratuito é bastante eficiente no que se refere a gestão de acervos fotográficos e capaz de disponibilizá–los via rede mundial de computadores (Internet).

Palavras-chave: Fotografia; Vila Tibério; Jornal da Vila; Ciência da Informação; Base de dados.

Estudo bibliométrico na base LISA: um enfoque nos artigos sobre os surdos

SILVA, Romario Antunes da; SANTOS, Raimundo Nonato Macedo dos; RODRIGUES, Rosângela Schwarz. Estudo bibliométrico na base LISA: um enfoque nos artigos sobre os surdos. Em Questão, Porto Alegre, v. 17, n. 1, p. 289-304, jan./jun. 2011. Disponível em: <http://seer.ufrgs.br/EmQuestao/article/view/17708/12938>.  Acesso em: 4 jan. 2013.

Resumo

O artigo apresenta uma análise bibliométrica de uma lista de referências de artigos de periódicos localizados na base de dados LISA e tem por objetivo verificar como a literatura na Ciência da Informação aborda aspectos relacionados às pessoas com deficiência, especialmente pessoas com diferentes condições sensoriais auditivas. Foram utilizados os softwares Microsoft Word, Infotrans, Dataview, Mainview e Microsoft Excel para a análise bibliométrica da lista de referências. Obteve-se como resultado uma lista com os descritores mais utilizados nos periódicos, a relação dos periódicos mais importantes, os autores com maior produção, a produção dos autores por ano de publicação, as fontes por ano de publicação e, por fim, foi elaborada uma rede de relacionamento com os principais descritores. Conclui-se que o descritor “deaf” (surdo) ainda é pouco utilizado e o maior número de artigos apresenta o termo “disabled people” (pessoa deficiente), que também é empregado para designar outras limitações sensoriais ou cognitivas.

Palavras-chave: Ciência da informação. Bibliometria. Análise bibliométrica. Surdos.

A “cosmopédia” da CAPES: contexto de uso do portal de periódicos

COSTA, Luciana Ferreira da; RAMALHO, Francisca Arruda . A “cosmopédia” da CAPES: contexto de uso do portal de periódicos. Tendências da Pesquisa Brasileira em Ciência da Informação, Brasília, v. 3, n. 1, p. 138-154, jan./dez. 2010. Disponível em: <http://inseer.ibict.br/ancib/index.php/tpbci/article/view/34/74>. Acesso em: 04 ago. 2012.

Resumo

Descreve o contexto geral de uso do Portal de Periódicos da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) na Universidade Federal da Paraíba (UFPB), a partir da promoção do acesso ao Portal de Periódicos através da Biblioteca Central desta universidade. Define os portais de informação enquanto “cosmopédias”. Apresenta a funcionalidade do Portal de Periódicos analisado. Constata problemas de acesso ao Portal de Periódicos na Universidade Federal da Paraíba decorrentes da gestão institucional. Conclui com recomendações institucionais para melhoria do acesso ao Portal de Periódicos que podem ser consideradas e aportadas em similares contextos de uso do mesmo.

Palavras-chave: Acesso à informação. Uso da informação. Periódicos eletrônicos. Portal de Periódicos da CAPES. Biblioteca Central – Universidade Federal da Paraíba.

Colaboração científica: revisando vertentes na literatura em Ciência da Informação no Brasil

BUFREM, Leilah Santiago. Colaboração científica: revisando vertentes na literatura em Ciência da Informação no Brasil. Tendências da Pesquisa Brasileira em Ciência da Informação, Brasília, v. 3, n. 1, p. -26, jan./dez. 2010. Disponível em: <http://inseer.ibict.br/ancib/index.php/tpbci/article/view/25/55>. Acesso em: 04 ago. 2012.

Resumo

Revisão de literatura sobre colaboração científica na área da Ciência da Informação (CI), com o objetivo de destacar as configurações do cenário mais amplo desse recorte e dos desdobramentos temáticos imbricados na literatura sobre a área, como alvos de discussões e debates. Inicialmente exploratória, centrada em artigos e comunicações e em obras de cunho ensaístico ou didático, a pesquisa, em sua segunda etapa, volta-se especificamente à literatura periódica nacional, veículo por excelência da produção científica especializada, autorizada e atualizada. O elemento central condicionante da escolha do corpus da análise de conteúdo é a existência da Base Brasileira de Periódicos em Ciência da Informação (BRAPCI), cujo potencial de difusão e recuperação permite a identificação da mais significativa expressão da literatura sobre colaboração científica. Os textos recuperados na literatura geral internacional e nacional e na base BRAPCI são analisados e categorizados em quatro vertentes: co-autoria como indicador da colaboração científica; redes de colaboração científica; tecnologias e colaboração cientifica e políticas de fomento e incentivo à colaboração. Com suporte conceitual favorecido pelos autores componentes do quadro teórico, o estudo permitiu observar que o tema específico desdobra-se na literatura em grau variado de intensidade em relação às vertentes, de acordo com a época, os acontecimentos e o recorte que se atribui à pesquisa. Ressalta a importância da crítica à prática, no sentido de que sejam analisadas as disposições políticas implícitas ou explícitas nas investigações, as relações entre essas e a tecnologia e a formação de redes de co-autoria.

Palavras-chave: Colaboração científica. Co-autoria. Redes de colaboração científica. Política científica.

Search Engine Optimization – SEO: a contribuição do bibliotecário na otimização de websites para os mecanismos de busca

OLIVEIRA, Adriano Mendes de; FERREIRA, Héber Terra; CASIMIRO, Valdir Assis; SANTOS, Cibele Araújo Camargo Marques dos. Search Engine Optimization – SEO: a contribuição do bibliotecário na otimização de websites para os mecanismos de busca. CRB-8 Digital, São Paulo, v. 4, n. 1, p. 40-58, abr. 2011. Disponível em: <http://revista.crb8.org.br/index.php/crb8digital/article/viewFile/61/63>. Acesso em: 05  dez. 2011.

Resumo
O artigo analisa a importância da aplicação dos procedimentos em Search Engine Optimization – SEO, fator que possibilita melhor posicionamento (ranking) dos websites nos mecanismos de busca da Web. Caracterizado como tendência na Internet, concentra seus esforços nas análises de conteúdo e no tratamento informacional. Destaca o procedimento de escolha e aplicação de palavras-chave para a representação do conteúdo eletrônico, uma das etapas da indexação utilizada pelos bibliotecários nos centros de informação tradicionais. Aborda a contribuição que o bibliotecário, como profissional da informação, pode oferecer nos aspectos que envolvem os procedimentos em SEO.

Palavras-chave: Search engine optimization – SEO. Otimização de website. Mecanismos de busca da web. Bibliotecário na web.

Informatização da rede de bibliotecas da Secretaria Municipal de Educação de Santos – SP

OLIVEIRA, Daianny Seoni de; NUNES, Cláudio Souza. Informatização da rede de bibliotecas da Secretaria Municipal de Educação de Santos – SP. Informação & Informação, Londrina, v. 16, n.1, p. 124-135, jan./jun. 2011. Disponível em: <http://www.uel.br/revistas/uel/index.php/informacao/article/view/8081/8482>. Acesso em: 26 set. 2011.

Resumo
Este artigo relata o processo de informatização da rede de Bibliotecas da Secretaria Municipal de Educação de Santos – SP (SEDUC), bem como a implantação do Personal Home Library – PHL82, que é uma aplicação Web, especialmente desenvolvida para administração de coleções e serviços de bibliotecas e centros de informações. A rede é composta de uma biblioteca central e 40 bibliotecas escolares, do 1° ao 9° ano do ensino fundamental, educação especial, educação de jovens e adultos (EJA) e ensino técnico profissionalizante. Considera que a implantação do sistema coloca as bibliotecas escolares da Secretaria Municipal de Santos nos moldes de importantes instituições de pesquisa do país, possibilitando a formação de uma rede de informação bibliográfica escolar da Prefeitura de Santos.

Palavras-chave: Secretaria Municipal de Educação de Santos. Biblioteca Escolar – informatização. Biblioteca Escolar – software. Personal Home Library. PHL – Biblioteca Escolar.

Dicionários disponíveis on-line para aprendizes de inglês: estruturação e recursos

SELISTRE, Isabel Cristina Tedesco. Dicionários disponíveis on-line para aprendizes de inglês: estruturação e recursos. Ciência da Informação, v. 39, n. 3, p. 61-72, set./dez. 2010. Disponível em: <http://revista.ibict.br/ciinf/index.php/ciinf/article/view/1831/1379>. Acesso em: 4 set. 2011.

Resumo
O artigo descreve a estrutura e as formas de acesso características dos dicionários eletrônicos do tipo on-line disponíveis ao aprendiz de língua inglesa, comparando o conteúdo e os recursos de dois dicionários monolíngues e dois dicionários bilíngües – o Cambridge Advanced Learner’s Dictionary (CALD, 2009), o Merriam-Webster Learner’s Dictionary (MWLD, 2009), o Reverso Dictionary English/Portuguese (RDEP, 2008) e o Wiktionary Inglês/ Português (WIP, 2009). Discute-se a funcionalidade desses instrumentos em relação às demandas do aprendiz.

Palavras-chave: Dicionários on-line. Aprendizes de inglês. Recursos eletrônicos.

Análise Critica do software Ant Movie Catalog sob o ponto de vista da organização da documentação audiovisual fílmica

ASHTOFFEN, Robson; SMIT, Johanna Wilhelmina. Análise Critica do software Ant Movie Catalog sob o ponto de vista da organização da documentação audiovisual fílmica. Revista Biblos. Rio Grande, v. 24, n. 2, p. 43-58, 2010. Disponível em: <http://www.seer.furg.br/ojs/index.php/biblos/article/view/1292/1027>. Acesso em 24 jul. 2011.

Resumo
O trabalho analisa criticamente a base de dados de filmes construída por Antoine Potten  chamada  Ant Movie Catalog, desenvolvida para  organização de um acervo de filmes em diversos formatos (DVD, CD,  VCD) e direcionada a um público-alvo de donos de locadoras de vídeo ou mesmo pessoas com um pequeno acervo caseiro. O artigo aponta as características da base quanto aos resultados na recuperação da informação fílmica, analisa seus campos de informação e sugere o acréscimo de campos importantes que tornariam a base mais funcional, na ótica documentária.
Palavras-chave: Recuperação da informação fílmica. Ant Movie Catalog.

Proposta de metodologia para a recuperação da produção científica em ciência da informação na base BRAPCI

LAZZAROTO, Juliana Freitas; SANTIAGO, Leilah Bufrem; FAUSTINO, Rene Gabriel Junior. Proposta de metodologia para a recuperação da produção científica em ciência da informação na base BRAPCI. Ponto de Acesso, Salvador, v. 4, n.3, p. 45-67, 2011. Disponível em: < http://www.portalseer.ufba.br/index.php/revistaici/article/view/4629/3564 >. Acesso em: 20 mar. 2011

Resumo

Propõe uma metodologia de atribuição de pesos a campos de busca em processos de Recuperação da Informação (RI) na Base  Referencial de Artigos de Periódicos em Ciência da Informação (Brapci).  Define características de uma metodologia de RI para determinar a relevância de estudos em uma área temática específica. Realiza um teste piloto na Brapci para a validação da proposta, com o tema epistemologia da Ciência da Informação. Discute duas vertentes, a primeira, relativa à recuperação da informação e a segunda, sobre a temática de busca para ilustrar o alcance do método. A proposta de hierarquização de artigos por pesos, atribuídos aos campos título, palavra-chave e resumo, categoriza os documentos mais relevantes para a temática buscada. Conclui que os resultados da aplicação do método adequam-se às bases teóricas da área e à importância dos seus autores para o domínio específico e que a produção recuperada abrange documentos relevantes para outras áreas relacionadas à CI, reiterando seu caráter interdisciplinar.

Palavras-chave: Recuperação de Informação. Método de Recuperação de Informação. Bases de dados. Epistemologia da Ciência da Informação

A noção de estrutura e os registros de informação dos sistemas documentários

ORTEGA, Cristina Dotta; LARA, Marilda Lopes Ginez de. A noção de estrutura e os registros de informação dos sistemas documentários. TransInformação, Campinas, v. 22, n. 1, p. 7-17, jan./abr., 2010. Disponível em: <http://revistas.puc-campinas.edu.br/transinfo/include/getdoc.php?id=771&article=363&mode=pdf&OJSSID=b22269fa6fd8b3982f1b4e8a98613121>. Acesso em: 21 jan. 2011.

Resumo
Partindo da constatação de que os princípios e os métodos para construção e gestão dos sistemas documentários são dispersos e carecem de sistematização, este artigo levanta a hipótese de que a noção de estrutura, ao pressupor relações mútuas entre os seus elementos, confere maior organicidade aos sistemas e garante maior qualidade e consistência na recuperação da informação frente às questões dos usuários. Desse modo, objetiva explorar fundamentos, a partir da noção de estrutura, dos registros de informação e dos sistemas documentários. Para tanto, são apresentados conceitos básicos e questões relativas aos sistemas documentários e aos registros de informação. Posteriormente, elenca aportes teóricos sobre a noção de estrutura, tratados por Benveniste, Ferrater Mora, Hjelmslev, Lévi-Strauss, Lopes, Peñalver Simó, Saussure, além de Ducrot, Fávero e Koch, para então tratardas apropriações já realizadas pela Documentação por Paul Otlet, García Gutiérrez e Moreiro González. Conclui-se que a noção de estrutura adotada para tornar explícita uma hipótese de sistematização do real, a partir de um modelo, assegura maior organicidade aos sistemas, bem como confere referência pedagógica ao fazer documentário.

Palavras-chave: Bases de dados. Estrutura. Registros de informação. Sistemas documentários.

Análise Bibliométrica da produção científica em gestão da informação na base de dados lisa

KLEINUBING, Luiza da Silva. Análise Bibliométrica da produção científica em gestão da informação na base de dados lisa. Revista Digital de Biblioteconomia e Ciência da Informação, Campinas, v. 8, n. 1, p. 01-11, jul./dez. 2010. Disponível em: <http://www.sbu.unicamp.br/seer/ojs/viewarticle.php?id=217&layout=abstract>. Acesso em: 26 out. 2010.

Resumo
Descreve e analisa as principais características bibliométricas das publicações relacionadas à área de gestão da informação da base de dados Lisa, uma das bases com maior visibilidade no campo da Biblioteconomia e Ciência da Informação. Foram analisados 138 artigos. A metodologia de pesquisa combina métodos bibliométricos e softwares, a característica da pesquisa é quantitativa, pois enumera e mede, e qualitativa, pois compreende e explica. Conclui-se sinalizando que os métodos bibliométricos são apropriados e necessários para a gestão da qualidade de bases de dados bibliográficas que registrem a produção científica.

Palavras-chave: Indicadores bibliométricos. Bases de dados. Organização do conhecimento. Gestão da informação.

Visibilidade e monitoramento científico na área nuclear e ciências relacionadas: uma perspectiva a partir da produtividade do IPEN-CNEN/SP

PINTO, Adilson Luiz; IGAMI, Mery P. Zamudio; BRESSIANI, José Carlos. Visibilidade e monitoramento científico na área nuclear e ciências relacionadas: uma perspectiva a partir da produtividade do IPEN-CNEN/SP. Perspectivas em Ciência da Informação, Belo Horizonte, v. 15, n. 2, p. 198-218, 2010. Disponível em: <http://portaldeperiodicos.eci.ufmg.br/index.php/pci/article/viewFile/1033/741>. Acesso em: 6 set. 2010.


O objetivo deste trabalho foi monitorar e obter indicadores sobre a atividade cientifica desenvolvida no IPEN-CNEN/SP, visível internacionalmente. Utilizou-se como parâmetro os artigos de periódicos registrados na base de dados Web of Science, nas três ultimas décadas. Identificou-se o núcleo de revistas, e de autores, o índice de visibilidade, de colaboração bem como o crescimento científico. Para analise dos dados utilizaram-se as técnicas bibliometricas e cienciométricas. Pelos resultados obtidos é possível afirmar que o IPEN tem representatividade e visibilidade significativa no WoS.


Palavras-chave
: Produção científica; Indicadores bibliométricos; Artigos científicos; Visibilidade; Energia nuclear.

Modelizando práticas para a socialização de informações: a construção de saberes no ensino superior

BUFREM, Leilah Santiago; COSTA, Francisco Daniel de Oliveira; GABRIEL JUNIOR, Rene Faustino; PINTO, José Simão de Paula. Modelizando práticas para a socialização de informações: a construção de saberes no ensino superior. Perspectivas em Ciência da Informação, Belo Horizonte, v. 15, n. 2, p. 22-41, 2010. Disponível em: <http://portaldeperiodicos.eci.ufmg.br/index.php/pci/article/viewFile/1069/730>. Acesso em: 5 set. 2010.

Propõe uma metodologia para a criação de ambiente integrado de monitoramento e gerenciamento de publicações periódicas para composição de dados da Base Referencial de Artigos de Periódicos em Ciência da Informação (Brapci). Define e analisa variáveis orientadoras da pesquisa e, por meio de um estudo exploratório e mapeamento das demandas dos usuários, realiza a implementação do protótipo para concretização da proposta. Descreve o planejamento, construção, implementação e validação do protótipo funcional do sistema utilizando a rede internet como plataforma de aplicação.
Palavras-chave: Bases de dados. Compartilhamento da informação. Arquitetura da informação. Brapci.

El control documental de películas en los sistemas de información documental en televisión

CALDERA-SERRANO, Jorge; POLO-CARRIÓN, Juan-Antonio; PÓVEDA-LÓPES, Inés del Carmen. El control documental de películas en los sistemas de información documental en televisión. Ciência da Informação, Brasília, v. 38, n. 3, p. 40-47,set./dez. 2009. Disponível em: <http://revista.ibict.br/ciinf/index.php/ciinf/article/view/1111/1348>. Acesso em: 5 jul. 2010.

Resumen
Se describe el desarrollo de una Base de Datos para documentación cinematográfica inserta en los departamentos de información de las televisiones; para ello se explican las áreas y campos que lo componen y como se interrelaciona con la base de datos de información audiovisual de programas informativos, con el fin de interrelacionar por medio de bases de datos relacionadas, dos tipos documentales tan diferentes como son las películas y la información generada en los programas informativos.

Palabras claves: Cinematografía. Gestión documental. Archivos de televisión. Documentación audiovisual. Sistemas de información.

A cadeia produtiva do conhecimento científico: implicações econômica, sociológicas e técnicas


XAVIER, Rodolfo Coutinho Moreira; COSTA, Rubenildo Oliveira da. A cadeia produtiva do conhecimento científico: implicações econômica, sociológicas e técnicas. Liinc em Revista, Rio de Janeiro, v. 5, n. 2, p. 247-265, set. 2009. Disponível em: <http://revista.ibict.br/liinc/index.php/liinc/article/viewFile/296/211>. Acesso em: 14 out. 2009.

Resumo
Versa sobre o controle do conhecimento científico pelas editoras e\ou provedores comerciais. Analisa-se as relações econômicas entre a produção, distribuição e uso da informação na cadeia produtiva do conhecimento, para compreender a lógica que sustenta essa indústria. Discute-se a revisão pelos pares e o círculo vicioso, envolvendo uma explicita apropriação privada dos recursos públicos destinados à pesquisa, na qual o Estado “paga, no mínimo, três vezes” para subsidiar o seu progresso científico e tecnológico, custeando não só a produção científica como também o seu posterior acesso e recuperação online, e por último sua posse em formato impresso, por meio de caríssimas assinaturas. Por último, apresenta-se uma contribuição empírica sobre a área brasileira de Física, sugerindo que seus principais periódicos são comerciais; as citações da produção brasileira refletem o mesmo comportamento de citação da base do Institute for Scientific Information, com todos os seus vieses.
Palavras-chave: Indústria da informação; editoras científicas comerciais; bases de dados; produção científica; periódicos científicos.

Automação e gestão de acervos através da digitalização e do software winisis: relato de experiência

BORSOI, Claudete. Automação e gestão de acervos através da digitalização e do software winisis: relato de experiência. Revista ACB: Biblioteconomia em Santa Catarina, Florianópolis, v.14, n.1, p.238-252, jan./jun., 2009. Disponível em: <http://www.acbsc.org.br/revista/ojs/include/getdoc.php?id=1344&article=376&mode=pdf>. Acesso em: 13 mar. 2009.

Resumo: Neste texto são relatadas as atividades de digitalização dos documentos do acervo do Laboratório de Pesquisa em Endodontia da Universidade Federal de Santa Catarina e do desenvolvimento da base de dados com o software CDS_ISIS for Windows, na versão Winisis. O objetivo do estágio está voltado à automação do acervo e dos serviços oferecidos no arquivo deste laboratório e a migração dos documentos do formato impresso para o digital como forma de propiciar a preservação e disponibilização das informações de valia aos usuários. A metodologia adotada envolve a seleção dos documentos, o desenvolvimento da base de dados, a conversão e a indexação dos documentos digitalizados na base de dados implementada.

Palavras-chave: Automação de acervo – arquivo. Gestão de documento digital – arquivo. Digitalização de documento. Preservação de documento. Base de dados – Winisis.

Artigos separados por assunto

Aplicações de informação Arquitetura de informação Automação de bibliotecas Bases de dados Bibliometria / Informetria/ Cientometria / Webmetria Biblioteca escolar Bibliotecas Virtuais e Digitais Biblioteconomia Biblioterapia Catalogação Classificação Competência informacional Comportamento informacional Comunicação científica Comunicação mediada por computador Desenvolvimento de coleções Disseminação da informação Divulgação científica Economia da informação Educação à distância Epistemologia da Ciência da Informação Estudos de necessidades e usos de informação Estudos de usuários Estudos Interdisciplinares Fontes de informação Formação Profissional Fundamentos da Ciência da Informação Gestão da Informação Gestão de Qualidade de Informação Gestão do Conhecimento História da Ciência da Informação Inclusão digital Indexação Informação científica Informação em arquivos Informação em Arte Informação em bibliotecas Informação em museus Informação industrial Informação tecnológica Inteligência Competitiva Internet Internet/Web Leitura Marketing de informação Mediação da informação Metadados Metodologias da Ciência da Informação Mineração de dados Obras Raras Ontologia Organização do Conhecimento Organização e Processamento da Informação Políticas de informação Preservação e Segurança digital Processamento automático de linguagem Redes e Sistemas de informação Repositórios institucionais Representação da Informação Sistemas de recuperação da informação Tecnologias da Informação Teoria da Informação Tesauros Transferência de Informação Visualização da informação Vocabulários controlados Ética da informação Ética na informação

Arquivos