//
arquivos

Ética da informação

Esta tag está associada a 2 posts

Espaços de significação.

FRANCELIN, Marivalde Moacir. Espaços de significação. Ponto de Acesso, Salvador, v.6, n.1, p.75-91, abr. 2012. Disponível em < http://www.portalseer.ufba.br/index.php/revistaici/article/view/4981/4344 > Acesso em: 15 nov. 2012.

Resumo:

Apresenta, por meio de revisão de literatura, uma discussão preliminar sobre características fundamentais dos chamados espaços de significação. Identifica os espaços de significação como produtores marginais de conhecimentos válidos, portanto, de memórias informacionais. Levanta algumas questões sobre a necessidade de revisão dos paradigmas de domínio na classificação dos saberes. Os ambientes epistêmicos são entendidos como locais de produção e desenvolvimento de conhecimento local. Uma nova configuração em torno da própria concepção de conhecimento válido vem demonstrando a necessidade de recuperação de dinâmicas que são intrínsecas a ambientes não científicos. Tal re-configuração estabelece que os conhecimentos locais também possuem méritos que os validam e os legitimam, mesmo que não sejam passíveis de universalização, como o conhecimento científico. Por outro lado, suas características comuns são, justamente, a regionalização e a originalidade, marcantes em suas manifestações promotoras de um complexo emaranhado cultural, ligado e relacionado por meio de uma intricada teia de traços de identidade determinada, muitas vezes, também por colonialismos. Nessa perspectiva, a identidade cultural de uma comunidade epistêmica depende tanto de suas características individuais quanto de sua capacidade de relação e integração a partir de tais características.

Palavras-chave: Espaços de significação. Apropriação da informação. Conhecimentos marginais. Garantia ética. Legitimidade discursiva.

Anúncios

Ética, responsabilidade social e gestão da informação nas organizações

PINHO NETO, Júlio Afonso Sá de. Ética, responsabilidade social e gestão da informação nas organizações. Inf. & Soc.: Est., João Pessoa, v. 20, n. 3, p. 27-38, set./dez. 2010. Disponível em: <http://www.ies.ufpb.br/ojs2/index.php/ies/article/view/7370>. Acesso em: 15 fev. 2011.

Resumo
O presente artigo discorre sobre a importância da gestão da informação para promover a construção coletiva da política e dos projetos de responsabilidade social de uma organização. Para isto, analisa a participação do público interno nesse processo, bem como as estratégias específicas que o profissional da Ciência da Informação deve utilizar para mobilizar essa parcela de público. Tal prioridade, desenvolvida a partir de princípios éticos, é essencial para o trabalho de gestão da informação no âmbito organizacional, pois os empregados constituem-se em peça-chave na legitimação dos esforços institucionais voltados para a responsabilidade social.

Palavras-chave: Gestão da informação. Ética. Responsabilidade Social. Público Interno.

Artigos separados por assunto

Aplicações de informação Arquitetura de informação Automação de bibliotecas Bases de dados Bibliometria / Informetria/ Cientometria / Webmetria Biblioteca escolar Bibliotecas Virtuais e Digitais Biblioteconomia Biblioterapia Catalogação Classificação Competência informacional Comportamento informacional Comunicação científica Comunicação mediada por computador Desenvolvimento de coleções Disseminação da informação Divulgação científica Economia da informação Educação à distância Epistemologia da Ciência da Informação Estudos de necessidades e usos de informação Estudos de usuários Estudos Interdisciplinares Fontes de informação Formação Profissional Fundamentos da Ciência da Informação Gestão da Informação Gestão de Qualidade de Informação Gestão do Conhecimento História da Ciência da Informação Inclusão digital Indexação Informação científica Informação em arquivos Informação em Arte Informação em bibliotecas Informação em museus Informação industrial Informação tecnológica Inteligência Competitiva Internet Internet/Web Leitura Marketing de informação Mediação da informação Metadados Metodologias da Ciência da Informação Mineração de dados Obras Raras Ontologia Organização do Conhecimento Organização e Processamento da Informação Políticas de informação Preservação e Segurança digital Processamento automático de linguagem Redes e Sistemas de informação Repositórios institucionais Representação da Informação Sistemas de recuperação da informação Tecnologias da Informação Teoria da Informação Tesauros Transferência de Informação Visualização da informação Vocabulários controlados Ética da informação Ética na informação

Arquivos